"Quando o coração tem uma missão, o corpo ganha vigor"

Ainda por aqui

Chega a ser vergonhoso, mais de 2 meses sem escrever uma única linha. Num período tão extenso acontece tanta coisa que fica até difícil saber por onde recomeçar.

Época complicada, trabalho + treino para iron + compra ap novo + reforma + mudança. Os três últimos te levam muita coisa, o dinheiro, a paciência, a vontade e quando tu acha que está vendo a luz no final do túnel..bum...apagão novamente, mas um dia termina, eles comigo ou eu com eles.

Mas vamos ao que interessa, triathlon. Após Penha, fiz praticamente duas semanas off para me ater com os afazeres do lar novo.

A preparação para Penha serviu como base para os treinos de Punta, então praticamente entrei direto no ciclo com volume de treinos mais expressivos.

Embora tenha feito a distância full no ano passado, no ciclo de maior volume estava no hospital por conta do cálculo renal, e meus picos foram de 110km + 12km nos treinos de transição e os longos de corridas na casa de 18km. Esse ano, todo o ciclo foi novidade de fato.

Teve de tudo, treino bom, treino ruim, dia sem treino e dia sem querer treinar.

Boa parte dos treinos de transição tive a companhia o Léo, que embora está treinando para o Half encarou bravamente as pedreiras e com certeza vai fazer um excelente prova no dia 2. Ainda fizemos ótimos treinos na lagoa, com cerca de 4km de natação.

Nesta trajetória, dá para eleger três treinos chaves, talvez os mais duros fisicamente e mentalmente.

Sexta, dia do final da novela da carminha hehe, 32km de corrida. Saí para treino tarde, mais de 19:30 e foi impressionante, ver aos poucos o movimento da rua foi diminuindo com a proximidade do horário do início da novela. Vinha de uma crescente na km, 24, 28 e os 32 para fechar o ciclo. Como os treinos longos de corrida são desgastastes.

No sábado pela manha nadei cedo, senti o corpo castigado pelo pouco tempo de recuperação entre um treino e outro. No domingo saí para 150km de bike solito, fui até a entrada de Piratini e depois estiquei até o pedágio de Rio Grande para fechar a distância. Após, intermináveis 14km de corrida, aí a luta já não  é mais física e sim piscológica, parece que não acaba nunca. Típico treino onde colocamos em cheque o por que de termos escolhido o triatlo.

Para fechar, mais um treino de transição. Na noite anterior fui jantar na casa de uma amiga, acabei voltando tarde e algo na comida não caiu bem. Saí com o Léo rumo a Piratini com a idéia de fazer 130km. Estava bem ruim do estômago, até cogitei em voltar antes de chegar na capela, mas aos poucos fui melhorando e seguimos.

Até Piratini, temos uma altimetria bem variada, nada de muito extremo, mas não é um trajeto fácil. Resolvi não tirar do coroão, para castigar as pernas e ver com se portavam para correr depois. Acabou sendo o melhor treino, consegui correr 12km num pace muito semelhante com que consegui em Penha.

Acho que o cara vai ficando meio masoquista com tempo, ontem não estava muito santo do estômago  e resolvi fazer o treino de corrida na volta da praça perto de casa, pois se a coisa ficasse preta dava tempo de chegar ao lar "limpo". Então fiz 23km num circuito de seiscentos e poucos metros.

Agora na reta final, ultimo treino longo de transição amanha se o tempo ajudar e após só ajustar a máquina para dia 02/12.

É difícil fazer um projeção para uma prova tão longa, muita coisa pode acontecer, mas esse não vou com o sentimento de só chegar, quero um pouquinho mais, mesmo sabendo que esse pedacinho a mais pode custar até mesmo a conclusão da prova.

Antes da prova espero aparecer por aqui para contar como foi final da preparação e talvez colocar a cara a tapa e chutar algum prognóstico.




4 comentários:

Reforma ! Eu comecei uma em maio e sei muito bem o que é isso... devasta a paciência e o bolso de qualquer um...
Mas a vida é assim, esse é o barato dela começar, parar, voltar, terminar, depois de novo... e por ai vai...
Força e Paciência !!!

E vais pro Full mesmo? Chegasses a falar em fazer o Half. Infelizmente acho que não vou poder te esperar até o final da prova e devo voltar pra casa no domingo mesmo, ainda vou ver. É que tenho aula na faculdade na segunda, 13:30 e ficaria meio apertado e cansativo sair de Punta de manhã cedo e ir direto dar aula, mas estou estudando ainda. Só os treinos que ficaram pra trás entre o meio de outubro e início de novembro. Mas já fiz 8 vezes esse negócio, é mais uma questão de saber fazer a prova do que querer ir rápido.

bên người Vương Lâm.

Hổ Bào giận dữ công tâm, thân thể nhoáng lên, phun ra một mồm to máu tươi. Mười mấy năm qua hắn ngày đêm luyện hóa hồn phách, tin tưởng cũng chậm rãi tăng lên. Mãi đến khi trăm ngàn hồn tề tụ, hắn tin tưởng mình có thể một bước lên trời, đã trở thành cường giả, hoàn toàn có thể giết chết Vương Lâm, đoạt lấy tất cả!

Nhưng lúc này, tất cả khi đối mặt với Vương Lâm, toàn bộ chỉ là bọt nước, khổ cực bao nhiêu năm, chắp tay đưa cho Vương Lâm, cỗ lửa giận này, thiêu đốt toàn thân hắn sôi trào, gần như muốn sụp đổ!

- Vương Lâm, ta muốn giết ngươi!
dong tam mu lậu cho thuê phòng trọ cho thuê phòng trọ nhạc sàn cực mạnh tư vấn pháp luật qua điện thoại công ty luật hà nội số điện thoại tư vấn luật dịch vụ thành lập doanh nghiệp
Hổ Bào trên mặt gân xanh nổi lên, cả người triệt để điên cuồng. Hắn lúc này, so với Vương Lâm khi nuốt vào Thăng Tiên quả dường như còn muốn điên cuồng hơn vài phần.

Bởi vì đã có hy vọng, cho nên khi hy vọng tan biến, mới có thể càng thất vọng, mới có thể càng điên cuồng!

Postar um comentário

Obrigado por visitar Bravo Triathlon