"Quando o coração tem uma missão, o corpo ganha vigor"

História para boi dormir II

Essa aconteceu no domingo, na rústica dos Fuzileiros Navais em Rio Grande.

Já alinhado para a largada, aparece um sujeito de sapatênis, com uma soquete no meio da canela e bermuda jeans. Eu e o Tomas nos olhamos, como aquele pensamento "o que esse maluco está fazendo aqui".

Um pessoal que estava mais ao lado se dirige ao sujeito: - e aí tchê vais correr? Sim, vou fazer a minha primeira prova!

Dada a largada, o pessoal que iria fazer os 5km já saiu forte e eu que ia para os 10km segui na minha. Passado 1km avisto o maluco na minha frente. Pensei, deve estar fazendo os 5km. No 2,5km o pessoal dos 5km fez o retorno e cara seguiu para a praia, ele iria fazer 10km de sapatênis, bermuda jeans e pela proximidade que estava com uma big carteira no bolso traseiro.

Mas logo ele começou a caminhar e passei-o. Mas de repente ouço - Poc, Poc, Poc...era o sapatênis passando voando. Daí já vem um monte de bobagem na cabeça, do que adianta, garmins, tênis tal, meia de compressão, treinos intevalados, etc. e tal se um cara de sapato e jeans correndo na areia te deixa para trás :>.

Mais alguns metros e o maluco beleza andando novamente. Logo após passá-lo o inacreditável acontece, ouço um prim, prim, prim, seguido de um - Alô, estou aqui na praia, participando de uma corrida, tchau!!!
Olho para trás, e...era ele mesmo ao celular, não bastava a carteira no bolso ele estava com um celular.

Para minha tranquilidade ele não volta a passar por mim novamente e sigo o baile. Até esqueci do sujeito.

Cheguei, fui me hidratar, bati papo com o pessoal e fui sentar numa sobra próxima a chegada. Minutos depois quem aponta para a chegada, exausto e mancado, o sapatênis.

Figura, não sei quem tu é, não sei a tu história, mas que tu é valente, tu é. Nos encontramos na próxima.

RGS Triathlon de Longa Distância Cidade de Osório

No domingo estarei em Osório-RS para minha 18º prova de triathlon. Já disputei duas provas no local, na distância olímpica, mas agora numa metragem bem diferente das tradicionais, 1.6km - 62.8km - 15km.

Esta distância inóspita deve-se creio eu, ao espaço físico disposto para o ciclismo, que acaba limitando a Fgtri organizar na distância convencional do formato 70.3.

Ainda no campo especulativo, já que o regulamento ainda não foi divulgado, acredito que a prova seja sem wetsuit e sem vácuo. 2 voltas de natação, 10 de ciclismo e 2 de corrida.

Se fosse uma prova alvo, provavelmente essas indefinições teriam prejudicado um pouco a preparação, mas como montei um plano de quatro semanas após a prova do Laranjal, mais para a manutenção (do que não se tem) do que para performace.

Se ao menos o tico e teco se entendessem as vezes, eu deveria ter me inscrito no Sprint, que ocorre simultaneamente com o de "longa" distância. Mas é aquela coisa, pegar estrada para fazer uma prova curta, podendo participar de uma distância maior, tenho medo que na hora bata uma depressão - "bah, devia ter me inscrito no longa", então se é para errar, que seja para mais.

Do que espero fazer na prova.

Natação, para variar, foi o que menos consegui cumprir do planejado. Exemplificando, semana passada não caí na água um dia sequer. Mas como geralmente a prova para mim começa quando tiro as "patinhas" da água, então tudo dentro da normalidade, saindo vivo é lucro.

O ciclismo é a modalidade que tenho me sentido melhor. Realizei alguns bons treinos, com muita intensidade e alguns mais longos para acostumar a dupla bunda/lombar novamente para uma distância maior.

A corrida é uma incógnita, apesar de ter feito uma rústica de 10km com um tempo razoável no inicio de fevereiro e no Triathlon do Laranjal minha melhor corrida no triathlon, os 15km propostos são de difícil análise, pela distância do pedal e da própria quilometragem da corrida.

Semana passada rolou uma brincadeira entre os membros da nossa equipe, tipo um bolão do tempo final da prova e as parciais de cada modalidade. Mas que acabou se perdendo um pouco pelo fato das três trocas de distância na parte de ciclismo desde a última semana, primeiro 60km, depois passou para 70km e agora está em 62.8km. Ia ser uma disputa acirrada pelo prêmio tradicional da equipe, os famosos gatinhos da casa do Marlos.

Se não mudarem mais nada e a prova realmente for sem vácuo meu prognóstico é:

Swim - 32' - T1 2' - Bike 1h50' - T2 1' - Run 1h15' - Total 3h40'

No domingo saberei como anda o auto-conhecimento.