"Quando o coração tem uma missão, o corpo ganha vigor"

Até que ponto.....


Essa foto é de Petr Vabrousek, que completou seu 100º IM na Nova Zelândia. Todos devem ter lido a reportagem na Mundotri, mas o que me chamou a atenção foi a aparência do cidadão!!! O cara parece estar beirando os 60 anos...mas tem apenas 38 anos. Se por fora está assim, como deve estar por dentro?

Rapidamente lembrei de dois amigos que estão próximos dos 38 anos, Felipe e Marlos. Se eu colocar a foto dos dois junto a do Vô Petr, com certeza dá para traçar um paralelo onde há o pai e os dois filhos, tamanha é a difereça do aspecto da aparência.

Então refletindo um pouco, até que ponto vale a pena ter o estilo de vida Ironman? Eu ainda vou fazer um, dois, três......dez, ou talvez nenhum ao longo da vida, mas aos que chegam a esses números expressivos, não vão pagar um preço alto num futuro bem próximo?

12 comentários:

---------\\\\|/---------
--------(@@)-------
-o--oO--(_)--Ooo-
É Pablo é isso que o esporte faz acontecer nas nossas vidas, além de ganharmos muita saúde, ganhamos muitos anos de vida, ganhamos muita experiÊncia e também conseguimos muitos amigos é isso que o esporte nos faz acontecer...Bom eu nunca participei de um IM, mas desejo que vc realize muitos e também espero que nós cheguemos a idade do Sr. Petr e correndo muito.

Bons treinos,

Jorge Cerqueira
www.jmaratona.com

Surreal Pablo, não tinha lido no mundo tri, o cara parece ter mais de 45 facil.
É evidente que o sol detonou ele, vejo muito isso nos pedreiros e lixeiros, e até mesmo corredores de rua, pessoas que tem muita exposição ao sol e não tomam nenhum cuidade, mas dificil de entender o caso dele, mesmo com varios IM, o cuidado teria que ser intenso.

Abração

Meu velho, você viu a foto do Cameron Brown, que ganhou o Iron da Nova Zelândia? Também está no site do mundotri...

É impressionante...

Mas ai você olha um cara como o Alexandre Ribeiro e a sensação é um tanto diferente, não é? Ou mesmo a Fernanda Keller...

Enfim, o assunto é complicado mesmo....(rs)

Belo ponto.
Eu acho demais. Esse cara nao faz um ou dois im's por ano.
Eh muito stress para o corpo.
Abx.

Pablo,
Não vou concorda, nem tão pouco descordar....

Por favor leia este post do blog do CIRO
http://cirotriatleta.blogspot.com/2011/03/so-um-esporte-consegue-fazer-isso.html

E para mim (opnião extremamente pessoal), IronMan é um "estilo de vida"...
Digo a vc meu amigo, meu sangue é ver"M"elho e pretendo ter quantos Irons minha contituição fisica e mental permitir, que Deus me abençoe para que Eu possa um dia, um dia após 60 anos cruzar o pórtico...pois nos próximos tenho certeza que lá estarei....

Abraços

Fala Pablo !!!

Eu tinha achado que a foto tava trocada quando via a matéria no mundotri... realmente não parece 38 apenas ;-).

Cara, 100 irons em 11 anos, é um absurdo... imagina a recuperação. Realmente um exagero.

Ou não. Talvez seja só a aparência, hehehe.

Abraço

Poh! Li inúmeros comentários a respeito dessa foto. Será q ninguém se deu ao trabalho de procurar outras fotos recentes dele? Ou, quem sabe, acessar o site dele? www.petrvabrousek.eu
Essa foto n ajudou NADA. Em um segundo errado, num ângulo ruim. O cara é tcheco, % baixo de gordura, branquelo.

Bem interessante seu ponto...
Bem interessante mesmo!

Olha Pablo, não sou ninguém para discordar de vc....Ninguém.

Mais uma vez achei muito interessante sua observação.

MAS... acho que ela cairia muito bem, -apenas- para uma pessoa que fosse CONTRA o Ironman.

Conheço várias pessoas que tem alguém da família, ou o namorado, ou marido(a) que usaria esse seu texto apenas para reforçar que o Ironman é uma grande porcaria.

Eu tb acho que ISSO QUE FAZEMOS não é nenhum pouco saudável.

Digo sempre que não faço Ironman por que quero ter uma longa vida, e sim ter uma boa vida enquanto eu viver...

Nem quero durar muito tempo...

Quero viver pra valer enquanto estou vivo e pronto.

Como o Vagner disse: Existe exmplos muito bons como a Fernanda Keller e o Ale Ribeiro... os dois estão inteiros... e a Keller cada vez mais maravilhosa. Ela deve ter coisa próxima de 60 Ironman na carreira.

De qualquer maneira foi uma boa observação

Obrigado aos comentários de todos, e após troca de email com alguns, vou colocar mais um números apenas:

Fazendo um média grotesca, nos últimos 11 anos, o Petr fez 1 Iron a cada 40 dias.

Normalmente um atleta PRO, faz 2 ou 3 IM ao ano. Então este mesmo atleta levaria de 33 anos a 50 anos para atingir o número de 100IM, o que o Petr conseguiu em apenas 11 anos.

Uma coisa que eu sempre falo pros alunos. Atividade física regular (esporte amador) leva à saúde. Esporte de alto nível ou esporte praticado de forma ridícula (acima de 6 Ironman por ano, mais de 8 maratonas em um ano, etc.), não tem nada a ver com saúde.
Nenhum corpo suporta essa carga e não tem como se proteger do stress oxidativo (radicais livres). Uma matéria muito interessante do Matt Fitzgerald uma vez dizia: fazer um Ironman é como envelhecer 20 anos em 12 horas, mas com a recuperação correta a gente consegue converter quase que totalmente esse "envelhecimento forçado". Mas com essa quantidade de esforço sem recuperação, o senhor Petr envelhece 20 anos em 10 horas e não reverte o processo. Resultado, ele tem um ano a mais do que eu e tem cara pra ser meu pai. Provavelmente por dentro seu corpo esteja tão envelhecido e desgastado quanto por fora. O que ele ganha com isso? Eu não sei, e talvez nem ele saiba. Mas ele não é nem um atleta de ponta (que pelo menos aproveita os louros da vitória e certa grana), nem um atleta amador feliz da vida que pratica 2-3 Ironman/ano e ganha saúde com isso.

Karacas o Ciro falou tudo Pablo... Aproveitando pode colocar minha foto comparando...kkkkkkkkkkkkkk E bora para o IM como vc mencionou. Abração e parabéns guerreiro !!!

Viu só Pablo, é só falar em mim e no Marlos que teus posts ficam cheios de comentários!!!! Hehehehe!!!
Obrigado pelo elogio em relação a nossa idade e segue fazendo esse blog tão bom e diversificado, como sempre é, que terás leitores dos mais assíduos e amadores (eu) até grande personalidades do nosso exaustivo esporte (Ciro).
Abraços,

Felipe, " o cara com quase 38".

Postar um comentário

Obrigado por visitar Bravo Triathlon