"Quando o coração tem uma missão, o corpo ganha vigor"

Entrevista para o Blog da Royal Triathlon Team

Pessoal, no link abaixo tem uma entrevista minha no Blog da Royal Triathlon Team, leitura obrigatória rsrs.

Entrevista

Triathlon Cidade de Osório.

Domingo participei do meu primeiro Triathlon Olímpico, que acabou sendo um ótimo treino para LongTriBrazil do dia 28.

Muito bom o local onde foi realizada a prova, com um asfalto perfeito para pedalar. Parabéns a FGTRI pela organização e para a Prefeitura de Osório por incentivar o esporte.

A prova:

Natação - Sofri bastante no início, a temperatura da água estava na casa dos 21º, passei um frio danado. Vou ter que investir numa wetsuit. Minha navegação não foi das melhores, demorei um pouco até acertar o rumo das bóias. Gostaria de ter feito os 1500m em 30', saiu em 32'03.

Ciclismo - O vácuo era liberado, mas optei em fazer de cara para o vento, para deixar o mais próximo possível do que vou enfrentar daqui a duas semanas. Falando em vento, ele soprava forte. Fiz um pedal bem consistente, a média final ficou em 34,4km/h, bpm 169.

Corrida - Dei uma segurada no início, estava estranho, as pernas pareciam querer correr mais que o corpo. Depois que a corrida encaixou, fluiu tudo muito bem, fechei os 10k para 50'27", bpm 172.

Tempo total de prova 02:36:16, abaixo das 2:40:00 que eu esperava. Todos os resultados aqui.

A foto abaixo mostra que o esporte é muito mais do que apenas ganhar ou perder, ser o primeiro ou último, o melhor ou pior e que tempos, médias e paces.


No último retorno encostei no Henrique(dir. foto), acabamos correndo os últimos 2,5km juntos, curtindo a prova, batendo um papo, apenas controlando um adversário da categoria que vinha logo atrás. Na chegada ficou o empurra-empurra, passa vc, não vai tu e assim por diante. Depois de muita insistência de ambas as partes, cedi e cruzei na frente. Aproveitei a oportunidade, por que o homem sem treinar já não foi fácil buscar, treinadinho vou ficar a ver navios hehe.

Agradecimento em especial a Família do Henrique que nos acolheu espetacularmente em Osório e nos incentivou muito durante a prova.

Abaixo foto do pódio.






Rapidinha

Por questões de segurança, o ponto de encontro do pedal das 06:00AM é na Brigada Militar, nos dias de hoje não é bom ficar dando sopa por aí rs.

Como cheguei hoje antes do Henrique, subi a calçada, sem desclipar os pés, encostei-me na parede, e como fazia frio, cerca de 7º, e o sono dominava o corpo, me encolhi um pouco.

Alguns segundos depois ouço a porta da viatura que estava em frente ao regimento abrir e um Brigadiano falar: O rapaz, está passando bem? Virei para trás para tomar ciência do que acontecia e para minha surpresa o policial estava olhando para mim. E indagou novamente, tche tu tá bem? Chegaste do nada e te encolheste ai na parede!!! Dei uma risada e expliquei que estava apenas esperando a parceria para treinar, agradeci a preocupação e voltei para meu canto.

Viu, depois tem gente que diz que a Brigada Militar não é prestativa rs!!

Está chegando a hora

Depois de algumas semanas sem postar, voltei após tomar uma "mijada" do meu amigo Felipe, algo do tipo, "vai tomar vergonha nesta cara e atualizar o blog" rsrs, ainda sob a ameaça de trocar o meu blog por outro, então aqui estou hehe.

Sábado passado fiz uma rústica de 10k, que na verdade tinha 10,7k, feitos em 47'50'', pace de 04:28/km. Corrida bacana, gurizada toda lá, Felipe, Guilherme, Pedro e Décio.

Comecei a semana faltando quatro para o LongTri Brazil, com dois treinos desafiadores na planilha. O primeiro era de natação, 3900m. Estava bem "cagado" em relação ao treino, mas consegui realizá-lo sem quebrar, foram 5 x 200 - 6 x 400 - 500 solto, era o desafio que precisava para pegar confiança e fazer os 3000m, o prego não está afundando hihi.

O segundo treino começou com uma história.  Duas semanas atrás, quando estava ao telefone com meu pai, meu irmão perguntava ao fundo o quanto eu já tinha corrido. Eu respondi - "já corri 21k, mas acho que consigo mais", meu pai deu risada, e me falou que ele estava começando a correr, e fez 10 quadras e voltou morto, estava meio decepcionado, indaguei que no início é difícil mas depois a coisa flui  hehe. Desliguei o telefone e continuei no preparo da janta e comecei a refletir sobre o assunto, foi quando me dei conta que quando corri os 21k, tinha nadado 1.9k e pedalado 90k antes, acho que a decepção do meu irmão quando ler isto vai aumentar hihi.

Bom, voltando ao segundo desafio, hoje pela manhã fiz minha segunda meia-maratona. A planilha dizia "em ritmo de prova". Passei a semana inteira pensando no que seria meu ritmo de prova para 21k, essa falta de lastro te deixa meio confuso, mas no final acho que descobri meu "ritmo" de prova para a meia. Levei 1:46:32, pace de 05:04/km.

Amanhã a semana encerra com 90k de pedal com o que sobrou do corpo. Domingo que vem, a FGTRI realizará o Triathlon Cidade de Osório, talvez eu vá participar e fazer meu primeiro olímpico e pegar um "ritmo" de prova, já que a última que fiz foi em Pinhal.