"Quando o coração tem uma missão, o corpo ganha vigor"

Em tempo!!!


Está difícil de manter o blog atualizado, mas vamos tentando na medida do possível!

No distante 13/12, participei da Etapa Nacional do Sesc em Tramandaí, oportunidade de rever o grande amigo Daniel, o Deco, a gurizada de Rio Grande, conhecer pessoalmente o Kiko, gente finíssima de Rio Grande, o Michel, que embora more em Pelotas, nos apresentamos em
Tramandaí e o ilustre Mauro Cavanha. Caso tenha esquecido de alguém, mete broca nos comentários hehe.

Depois do network, vamos para a prova.

O dia anterior foi de muita chuva e vento, o que resultou nos singelos 20ºC de temperatura da água. No início da natação, pensei em desistir, tamanho era o frio que estava sentindo, não conseguia respirar. Aos poucos fui me sentido melhor e me soltando.
Nadei os 1000m para 16:21, tempo razoável para o que vinha treinando e com ajuda da correnteza.

Logo no início do ciclismo, se formou um pelotão grande a minha frente, a cerca de 100m. Fiz um força danada para alcançar o pelote, esforço em vão. Fiz as duas primeiras voltas sozinho, até que na terceira volta o Rafael de Rio Grande me achou, e grudei na roda até o final. Fechei o ciclismo em 38:40, minha esperança de fazer abaixo de 1:20:00 tinha ido para o brejo.

Mas por pouco não atingi o objetivo. Fiz minha melhor corrida, na provas anteriores nunca tinha baixado de 25 minutos, fechei os 5km em 22:35. Tempo total, 01:21:08.

Abaixo algumas fotos da prova.


Agora notícias atualizadas:

A FGTRI divulgou o ranking de 2009, fiquei em segundo lugar na faixa 30/34 no estadual de triathlon, mais pela regularidade do que pelas colocações, pois participei das quatro provas do calendário. Parabéns ao Daniel, que também figura na 2ªcolocação na faixa 40/44.

Sábado sofri um acidente de bike, mais uma mosquiada do que um acidente. Caí nas escadas do prédio...hihi, estava indo para o treino, já de sapatilha e não deu outra escorrei no degrau e BUMMMM, está lá um corpo estendido no chão - as vizinhas do andar abaixo saíram correndo para me socorrer, mas eu estava mais preocupado com a bike do que comigo! Entre mortos e feridos todos se salvaram, ainda estou meio manco, mas acho que até o final da semana volto aos treinos.

Ahh, treinos...pinhal vem aí.







Etapa Nacional do Sesc - Triathlon

Domingo é dia de ver a parceria toda reunida, é dia de prova!!! Tramandaí vai ser sede da última etapa da Circuito Nacional do Sesc de Triathlon.

Vai ser a primeira vez que a cidade sedia a prova, ano passado foi em POA, no Belém Novo, onde não completei a prova por causo do maldito pneu que furou. Espero ter sorte desta vez, pois viajar 420km e não terminar a prova é de matar.

Lendo o blog do Ciro (quem não leu o post, aproveita, clica e lê), post sensacional sobre a disciplina, ocorreu uma história meio que relacionado ao tema comigo nesta semana.

Na terça, depois que saí do trabalho, lá pelas 19:30 tinha programado um treino na piscina do clube. Queria fazer um tiro de 1000m para ver como estava meu tempo, para ter uma base para prova de domingo (um sprint, com 1000m de natação, vai entender) e fazer mais um série de braço.

Chegando no clube, deparei-me com o seguinte cenário: a piscina térmica lotada!!! era aula de natação, aula de hidro, uma galera apenas banhando-se, botos, sereias, cavalos marinhos etc...

Fiquei naqueles segundos pensativos olhando para aquela muvuca, o que fazer? casar ou comprar um bicicleta? já casei e já tenho uma bicicleta! Estava na hora de ser radical, olhei para o lado, piscina externa, quase 20:00, uma ventania daquelas...não tem tu, vai tu mesmo, abri a porta e parti para o abraço, ou melhor para o nado.

O quebra-gelo da piscina ajudou, estava igual a nadar na lagoa, só que sem sol. Consegui realizar o treino que pretendia e voltei para a parte interna para alongar.

Enquanto alongava, escutei um comentário de um dos alunos da aula de natação: "tem que ser meio-louco para nadar a esta hora e com esse tempo na piscina de fora".

Se ele soubesse que no mesmo dia levantei as 05:30 para ir pedalar, o meio louco ia virar inteiro!!!

Então é isso meus amigos, ou melhor seus loucos!!!!

O que a maioria não aguenta chorando, nós aguentamos sorrido!!!