"Quando o coração tem uma missão, o corpo ganha vigor"

Triathlon de Velocidade Raiasul


Quatro horas da manhã de domingo, Felipe e eu, saímos rumo a capital gaúcha para o Triathlon de Velocidade Raiasul/Clube do Comércio. A viagem durou cerca de três horas, com muito papo e mateada e com uma parada para um café da manhã nas cucas.


Fomos uns dos primeiros a entrar na área de transição, ficamos meio reciosos de deixar a bike, tênis, sapatilha etc.. pois a transição era literalmente na rua, e não passava a segurança necessária para "abandonarmos" nossos equipamentos ali. Com o tempo, os demais triatletas foram chegando, e com a presença da brigada o receio passou e fomos nos posicionar para a largada.


A largada da 1ª bateria foi as 09:20, nadei sozinho na raia, e mesmo assim a moça da contagem das voltas conseguiu se perder e acabei fazendo uma volta a mais. Segundo relato do Felipe, saí da piscina igual um louco, berrando e xingando a fiscal. Fui para o pedal buzina da vida, pensando "vou ter que tirar aqueles 50s no pedal e na corrida", pedalei e corri no máximo. Terminada a bateria fui direto ao presidente da FGTRI reclamar da lambança da fiscal, o qual me respondeu que ao final da prova iria corrigir o tempo, o que me deixou mais tranquilo para a segunda bateria.

Quinze minutos de descanço e já estava aposto para a segunda bateria, ancioso para ver como o corpo ia se portar. Foi nesta bateria que tive meu melhor desempenho, o corpo respondeu bem nas três modalidades. Como na primeira bateria, saí em último na piscina, tendo que buscar os adversários no pedal e na corrida. Fato sabido é que tenho que melhorar e muito na natação.


Na terceira bateria, consegui desempenho semelhante das demais, sendo que na primeira volta da corrida a panturrilha direita começou a travar, e fui estilo cavalo manco até o final.




No quadro no início do post estão os tempos das baterias e o resultado final(clique na imagem para ampliar).

Como os caros leitores puderam ver(se é que clicaram na imagem heheh), cheguei em segundo na categoria, diferente do que a foto abaixo ilustra, pois por um erro da FGTRI como os amigos podem ver não tinha primeiro colocado heheh. Depois sou o cara chato que só reclama, mas convenhamos, tem que ter muita paciência.


Imagem: Felipe, advogado, triatleta e agora fotógrafo.

Por lá estavam a Sthépanie e o Deco da blogsfera. O amigo Daniel, que igual ao que vos escreve foi para a prova sem treinar, que baita exemplo hein Daniel???. E por falar em falta de treino, desde ontem estou pagando pela inativade, minhas panturrilhas estão na miséria, bem feito, quem mandou não treinar.

3 comentários:

Olá Pablo,

Parabéns pela conquista do 2º lugar na prova de domingo. Não é fácil encarar uma prova intensa como essa, e ainda mais estando destreinado. Eu fui um dos teus adversários na categoria 30-34, e compartilho contigo a frustração com alguns erros banais da federação. Eu sou o Carlos, treino na Raiasul, e fiquei decepcionado com o erro da premiação, que classificou em 1º lugar um atleta que não completou a prova. Foi a minha primeira vitória numa competição de triathlon, minha namorada e meus familiares estavam assistindo, apoiando e batendo fotos, e foi frustrante não ter a foto correta do pódium.
Nesta sexta-feira, dia 21, devo ir até a sede da federação para trocar a minha medalha, e vou pedir que guardem a tua medalha de 2º lugar, caso tu também queiras trocar.

Bons treinos e até a próxima!
Carlos Augusto

Pô Carlos que legal teu comentário. Eu lembro muito bem de ti, após a ultima bateria eu voltei para a raiasul atras de ti e da tua família.
Quando vi o resultado na segunda a noite, ainda comentei com a minha mulher sobre o erro,"para mim não muda muito, mas o cara que ficou em segundo no dia, e era primeiro de fato, deve estar muito indignado.
Quero sim que guardem minha medalha, vou mandar um email para eles para fazer a troca.
Então era isso...parabéns Campeão!!!

Ola Pablo! meu nome é Leonardo eu também fiz o triathlon da raiasul, estava nas mesmas baterias q tu, so que eu era da categoria 25-29. Lembra que as 2 categorias largavam juntas? E cara... estes problemas dos fiscais de raia se perderem ...véio ... acontece sempre. Nós temos q cuidar das nossas voltas. se deixar p eles ja sabe né...Ah! e cara, acho q era tu que estava perto de min na 2°bateria quando um velho loco atravesso o carro na minha frente, no meio dos cones me jogando para cima da calçada e furo o meu pneu trazeiro. Ainda bem q consegui desviar...se nao eu ia entra porta a dentro do carona e me abraça na véia dele ainda. E acho q tu estava perto e me levo no vácuo da tua bike p mais uma volta...Acho q foi tu. Se foi, mais uma vez obrigado pela força. Se não foi blz... Isto q aconteceu comigo percebo sempre nas provas de triathlon quando um precisa todos ajudam sem pensar q é um adversário. Outros caras da tua categoria tb me ajudaram a concertar o meu pneu. Véio este é o espirito!!! Isto só da mais vontade e motivação de seguir praticando este esporte. No fim consegui concertar o pneu e fazer a 3°bat.Véio mt legal os teus comentários principalmente aquele da maratona de sao paulo... tu tem toda razão. Um Grande abraço e até o triathlon do SESC.

Postar um comentário

Obrigado por visitar Bravo Triathlon